domingo, dezembro 18, 2005

Dúvidas (3ºdto)

Rita:

Já só faltam 3 meses para a minha criança nascer! Cada vez me sinto mais mãe... e nem sei se isso existe ser mais ou menos mãe...

Há uns dia o João, veio com uma conversa estranha...contou-me que num momento de angustia tinha confessado ao psicologo que era gay... Fiquei de rastos...confusa. Nme quero imaginar como ele estava. Custou-lhe admitir-me isso, notei-lhe nos gestos nervosos, no lhar ansioso, nas palavras tremulas...
Chorou no meu ombro. Perguntei-lhe, quantas vezes ele se tinha questionado se me amava, quando estavamos juntos; disse-me que nunca...
Não entendi... Hoje foi novamente ao psicologo, quero ver como corre.


João:

-Sinto-me confuso. Há uns tempos disse-lhe que era gay.
-E que já tinha pensado no assunto.
-Mas na verdade só pensei deposi de ter acabado a minha relação com a Rita!
-Procorou conforto no seu amigo...?
-Acho que sim...procurei, ele sempre soube de tudo.
-Então ele apoiava-o. Ele tem alguma relação?
-Não... ele é homossexual.
-E por ele ser, e por o João ter aceite ajuda dele...
-Acho que sou gay!!! isto é ridiculo, já passei da idade em que deveria ter tido estas duvidas de identidade!! e não as tive! Isso é que me lixa - desculpe o termo!
-João, ter este tipo de dúvidas é mais frequente do que o que julga. O seu amigo deu-lhe apoio, é homossexual...se calhar até mostrou interesse por si. De certa forma e como já eram amigos,levou-o a crer que poderia ser mais do que isso. Mas lembre-se, do seu dia-a-dia, como olha para as mulheres. Não há nenhuma que neste momento lhe desperte o interesse?
- Na verdade...

3 comentários:

Guerreiro da Luz disse...

Votos de que este Natal traga alegria, paz e muita felicidade para todos os dias do Ano Novo.
Boas Festas.

Tita - Uma mulher, Um blog, algumas palavras disse...

SÓ EXISTEM DOIS DIAS NO ANO EM QUE NADA PODE SER FEITO. UM CHAMA-SE ONTEM E OUTRO AMANHÃ, PORTANTO, HOJE É O DIA CERTO PARA AMAR, ACREDITAR, FAZER E PRINCIPALMENTE VIVER!"
FELIZ NATAL!!!

MrX disse...

Hmmm... Mais uma vez, deixas-nos em suspense... ;)

Chego tarde em relação ao Natal, mas posso sempre desejar um ano de 2006 cheio de momentos felizes, e que este prédio continue a viver com a intensidade a que nos habituaram.

Beijos e abraços,
MrX