quinta-feira, outubro 27, 2005

De partida do prédio...

Nem acredito que acabou... Um amor que eu tinha a certeza que iria dar tanto. Parece que as nossas certezas em relação a estes sentimentos são muito relativas... Estou triste... Sem dúvida que estou triste... Não percebo bem o que aconteceu... O que eu percebo é que não estou bem aqui... Tenho que me ir embora. Não suporto encontrar-te no elevador e saber que tudo aquilo porque nós passámos estes últimos meses acabou. Não, tenho que me ir embora...

Pego na chave e empurro a mala até à porta aberta do apartamento. Olho uma última vez para o meu quarto/sala/cozinha, do qual tenho infinitas recordações destes últimos meses. Os meus olhos atravessam os vidros da janela e ficam paralizados pela vista que o 10º andar proporciona sobre a cidade. Lentamente, baixo o olhar que vai pousar sobre a cama... Fecho os olhos. Viro-me, pego na mala, saio, fecho a porta à chave e meto-me no elevador. Desço até ao patamar de entrada. Não vejo ninguém. Tenho o caminho miraculosamente deserto de moradores. Meto a chave na caixa de correio da D. Margarida e saio... Provavelmente para sempre...


Comuniquei à "mar" por mail as minhas razões da saída do blog, que se prendem, essencialmente, com a falta de disponibilidade para participar nele e, muito mais, para tomar conta dele. Neste momento, a administradora é a "mar", mas se o entenderem, podem escolher outro administrador. Continuarei a acompanhar o blog como visitante sempre que tiver disponibilidade para tal. Como disse à "mar", este é, na minha opinião, um blog com potencial se for agarrado da melhor forma e dinamizado ao máximo. Eu tinha algumas ideias, mas faltou-me o tempo para as pôr em prática. Resta-me desejar que vocês o consigam fazer, pois, nitidamente, este blog precisa de mais dinamismo!

Um grande abraço a todos aqueles que comigo trabalharam neste projecto do qual agora me retiro,

MrX

5 comentários:

maresia disse...

boa sorte!

ps: pelo menos desta vez não existiu trocas de nomes marítimos... lol

Heavenlight disse...

Ohh, vais embora... :(
e eu que nem cheguei a conhecer o estudante de medicina... Espero que voltes quando puderes.
Em relação ao dinamismo do blog, eu concordo contigo. No entanto, não sei até que ponto podemos ser espontâneos aqui, ou até que ponto podemos interagir com as restantes personagens de forma livre e natural sem causar conflitos a meu ver sem razão de ser.
Pela minha parte, continuarei a dar vida e forma à minha personagem sempre que existam pausas entre trabalho/mestrado/filho/cansaço.
Um beijinho e até sempre.
AN

BlankPage disse...

Talvez voltes um dia..bjinhu e boa sorte para os teus projektos.

Tita - Uma mulher, Um blog, algumas palavras disse...

Oh sinto muito que partas....
Fico no entanto com a espernaça de que uma partida é sempre um recomeço melhor. Desejo-te tudo de bom

ART&TAL disse...

INTERESSANTE