sábado, julho 16, 2005

Ansiosa pelas férias!

Tenho trabalhado demais...neste mês a as coisas complicam-se porque temos de trabalhar a dobrar na revista para deixar o numero de Agosto pré-preparado e assim nos revesarmos uns aos outros nesse mês nuns merecidos dias de férias.
Estou ansiosa pelas férias!
Ultimamente tenho chegado muito tarde e por isso raras vezes me cruzei com alguem do prédio, a ultima vez foi mesmo com o nosso "casalinho" de apaixonados que iam muito satisfeitos para uma festa.
Ao que soube, pela porteira tiveram um acidente e estao ambos no hospital. Espero que em breve estejam de volta ao predio.
Tenho saudades da professora do 11º...foi para a terra ha ja algum tempo e ainda nao voltou! Por falar nisso vou la colocar comer aos gatinhos porque na altura me ofereci para ajudar a cuidar deles na sua ausencia.
Pego numa garrafa de agua fresca e desco as escadas, pego na chave debaixo do tapete e abro a porta devagarinho...la vem eles a espreitar por detras das esquinas, sou eu bichaninhos!- digo eu baixinho.
Acendo a luz da entrada e vou a cozinha onde procuro o saco da ração e de seguida coloco a raçao na tacinha bem como a agua fresca.
Deito fora a areia suja e coloco areia limpa e sento-me no chao, dois deles vem ter comigo e brincam com o meu porta chaves que esta pendurado no bolso das calças...hehe já me conhecem e devem ter saudades da dona nao é?- brinco com eles e faço-lhes festas enquanto os outros mais ariscos nao se aproximam ficando a mirar a brincadeira muito atentos e desconfiados!
Levanto-me devagar, e encosto-me mais um pouco a olhar para eles enquanto comem mais um pouco antes de eu ir e apagar a luz.
Portem-se bem, tenho de ir, mas amanha volto para vos fazer mais um pouco de companhia.Fecho a porta, coloco a chave no sitio habitual e subo ao meu apartamento.
Deito-me no sofá e penso: os gatinhos estao como eu, aqui sozinha sem niguem para me fazer companhia e fico triste por momentos...mas depressa me levanto e tento afastar esta ideia do pensamento. Ponho a musica a tocar e vou buscar um livro para ler antes de me deitar, devo andar mesmo a precisar de férias para me deixar levar por um pensamento deste genero.

7 comentários:

MrX disse...

É normal sentirmo-nos, por vezes, só... Espero que as férias sirvam para combater esse sentimento!

maresia disse...

venham as férias que esse astral não está muito quente, pois não??

Nandita disse...

Meu Deus, Inês! Tenho sido completamente negligente... com os meus gatos e consigo, também!

Mas, sabe, as coisas na aldeia complicaram-se (além da vida daquela moça que me dá voz também andar apertadota...), mas no início de Agosto eu estou de volta... e quero vê-la mais animada!


Beijo, a professora das traseiras do 11º

zezinho disse...

Ansioso por férias que não vou ter...
Beijinhos Inês.

Just...Blue disse...

com as férias isto melhora de certeza! ;)

beijinhos para todos
Inês

BlankPage disse...

O pior é quando estamos a precisar de férias por causa...das férias!!! estou numa fase assim...adoro esses momentos em que chegamos ao nosso espaço e simplesmente relaxamos..simplesmente respiramos um pouco do livro que estamos a ler nesse momento e deixamos penetrar a música em nós..são esses momentos intímos em que encontramos...não sei bem o quê...talvez um pouco daquela calma que contraria o reboliço dos dias que passam (até mesmo o reboliço das férias..como o meu caso..andar com a casa às costas pela estrada não foi muito regenerador...mas podia fazer vida disto..:p)

mar disse...

Conheço a sensação... necessitar de férias das férias...